Sessão de psicoterapia

Melhor psicoterapia no desenvolvimento psicológico do paciente

Em Psicologia clinica por Elisabete Condesso

A psicoterapia é um processo psicoterapêutico de apoio psicológico ao individuo. A melhor psicoterapia é a que proporciona o melhoramento do seu bem-estar psicológico e emocional. Nesse sentido, a psicoterapia promove a evolução progressiva positiva do individuo ao nível da sua saúde psicológica e emocional, tendo em conta os seus recursos psicológicos atuais, ajudando-o a lidar com as suas dificuldades.

A melhor psicoterapia ajuda a pessoa a alcançar um mais aprofundado autoconhecimento e uma mais adequada construção do seu “eu”. A psicoterapia centra-se no indivíduo como um ser ativo, social e histórico, tendo como premissas básicas entender a pessoa e a sua capacidade de perceber e interagir com mundo e com a realidade que o cerca.

 

Psicoterapia: focos nas relações sociais

A Psicoterapia centra-se nas relações sociais do indivíduo. De fato, no âmbito da psicoterapia, há que enfatizar a importância das relações sociais, não somente porque o indivíduo vive em sociedade ou pertencer a uma cultura, mas também porque tem que igualmente considerar-se o intercâmbio relacional (eu-outro-realidade). As relações sociais são uma parte fundamental para o desenvolvimento do psiquismo humano, ou seja, o desenvolvimento das funções nervosas superiores como a linguagem, pensamento, planeamento, que só se desenvolvem caso a pessoa esteja em relação com os outros.

 

Psicoterapia: identidade do indivíduo

A psicoterapia centra-se também na identidade do individuo. Entende-se que a identidade é compreendida como um resultado da construção do indivíduo, as relações sociais estabelecidas por ele durante toda a sua vida, e o modelo social no qual está inserido, pois este social fornece as regras e normas de conduta nos diferentes contextos.

E daqui se desenvolve a consciência, sendo ela subjetiva, que não existe sem a realidade objetiva. O conteúdo do mundo interior do indivíduo é reflexo modificado da realidade e a sua construção dessa realidade concretiza-se através da sua atividade no meio social.

Assim, a identidade e consciência são um processo de construção recíproco e alternante entre indivíduo e o meio social que está inserido.

 

Psicoterapia: construção de sentido e transformação

Na psicoterapia desencadeia-se um processo de construção de sentido e transformação. Isto é, o indivíduo em contato com o outro (psicoterapeuta) é capaz de construir o sentido e re-significar o seu modo de pensar, sentir, agir e estar no mundo.

Paciente em psicoterapia

Paciente em psicoterapia

 

O psicoterapeuta é, assim, um mediador da relação eu-outro-realidade.  Recorrendo à utilização de técnicas psicológicas, o psicoterapeuta promove o intercâmbio do diálogo recíproco e alternante (agora tu-agora eu), emprestando-se à relação “eu-outro” (psicólogo/paciente), para propiciar o desenvolvimento psíquico e emocional do paciente.

Neste sentido, na psicoterapia procura-se novos sentidos e significados cujo objetivo é o crescimento pessoal do indivíduo, em que se promove a reorganização que leva à mudança e à criação de novas estruturas internas. Com o tratamento psicoterapêutico promove-se a criação de novas formas de pensar e sentir, que levam a novas formas de agir, mais adequadas à vida da pessoa.

 

Elisabete Condesso / Psicóloga e Psicoterapeuta

© PsicoAjuda – Psicoterapia certa para si, Leiria

Sobre o Autor

Elisabete Condesso

Directora clínica da PsicoAjuda. Psicóloga clínica e Psicoterapeuta. Licenciada em Psicologia Clínica pela ULHT de Lisboa e com pós-graduação em Consulta Psicológica e Psicoterapia. Membro efetivo da Ordem dos Psicólogos. Título de especialista em “Psicologia clínica e da saúde” atribuído pela Ordem dos Psicólogos.